Luz e Sombra

Tuesday, June 07, 2005

O Homicídio da Palavra, por Vera Fonseca

Recebemos mais um texto da nossa querida Vera Fonseca, aqui vai...
Anoitece, e chega aquela hora do dia em que nos deitamos sobre a almofada tentando dormir, e a única coisa que conseguimos é pensar. Reflectir sobre o dia, sobre o que sentimos, sobre o que nos preocupa... Mas naquela noite só uma coisa surgiu, tão absurda na minha mente......
... o porquê de dizer amar.
A palavra amor tem sido tão vulgarmente utilizada sem sentido, para exprimir sentimentos distintos, muitas vezes sem sequer terem no seu íntimo um pouco do verdadeiro amor, quando esta deveria ser uma palavra para expressar um sentimento imortal.
Por isso é que hoje considero inútil “amar” alguém, porque o amor deixou de ter o seu tradicional sentido.
Prefiro simplesmente sentir e transmiti-lo, sem palavras que o possam vulgarizar, apenas sentir incondicionalmente aquela força existencial, que alimenta a alma de uma alegria imensa e de uma tristeza pura.
Amar não é “Amar”
É sentir, é esquecer,
É arriscar dar sem receber,
É ser para além do ser.
O verdadeiro sentimento é único de tão belo, inconfundível, e tem por isso, de abandonar o vocábulo pelo Homem invadido, com sinónimos de outros sentimentos mais fúteis e sem sentido.
Ele é assim algo sem nome, cuja força, por si só, o define, mas que, indefinido, poderá tornar-se um Nada. Culpa nossa, não o quiséssemos misturar com paixão, gosto ou adoração... Fomos nós que o tornámos mais distante, mais inalcançável.
Cabe-nos agora a missão de o fazer ressurgir, sem nome, para que ninguém o possa corromper, possa apenas senti-lo.
por Vera Fonseca

5 Comments:

  • uma fresca e forte nova presença do vosso blog
    parabéns pelo teu texto. Está muito bem escrito, dá muito que pensar, o que realmente significa agora a palavra "amar"
    Gostava de concorrer no vosso concurso do BI, mas não sei se terei a capacidade de estar ao vosso nível. Talvez me guarde para um desafio mais modesto para a minha pobre escrita

    beijinhos a todos****

    Beta

    By Anonymous Anonymous, at 7:12 PM  

  • O que acabei de ler remeteu-me para um problema incontornável nos dias que correm: a banalização das palavras e o seu consequente homicídio tal como tão bem intitulaste o teu texto. Muito bem, Vera! Força!

    By Anonymous Anonymous, at 7:28 PM  

  • Olá, Beta!
    Toca a escrever! Queremos muito que participes no desafio BI! Afinal, um desafio é isso mesmo! Ainda por cima vais ter mais tempo para escrever, vou alterar os prazos! E que é isso de "pobre escrita"?? Aqui somos todos amadores entusiastas da escrita e da leitura, não há cá coisas dessas! Vamos lá???
    Beijinhos!

    By Blogger redbackspider, at 10:25 PM  

  • gostei do teu tema, vera! as palavas sao tao limitadas!

    By Blogger aquelabruxa, at 9:07 PM  

  • venho aqui agradecer os comentários simpáticos que têm feito aos meus textos, muito obrigada. é muito bom saber que há que ache que esles têm qualidade...
    Beta, não menosprezes o teu potencial.. a escrita é a melhor forma de alcançares uma dimensão superior do teu ser..nenhuma escrita é pobre toda ela é rica de tudo o que temos de melhor... Beijinhos e até qqr dia talvez num desafio ;)

    By Blogger Musera, at 12:49 PM  

Post a Comment

<< Home


 

referer referrer referers referrers http_referer