Luz e Sombra

Sunday, July 17, 2005

II DP2 - A última partida; por Der Uberlende

Olá a todos!

Agora com uma imagem mais fresca e desinibida, espero que essa produção aumente, a começar pelas respostas ao II DP2

aqui vai a minha versão

saudações entusiastas,

der Uber


A última partida


7 de Julho, 8:58h. Londres

Acordo em sobressalto com o toque do meu telemóvel. Por muito agradável que seja ouvir Mozart, ser despertado com o som polifónico de “Eine Kleine Nacht Musik”, depois de uma noitada de estudo é o suficiente para ficar com o coração a palpitar.

- César! Acende a TV na BBC ou na Sky news!
- Huh... o que é que se passou?
- Houve uma série de atentados no centro de Londres! Parece que explodiram bombas no metro e nos autocarros!
- O QUÊ?!?!? QUANDO?!? COMO!??
- Ainda ninguém sabe o que se passou realmente, mas tenho a impressão que foi muito grave....
- Que horror...! Vou já ligar as notícias!! Sabes se há feridos?... deve haver certamente... e mortos!?!?!? Ai que agonia... em que sítios é que isso foi?
- Temo o pior, uma das estações de metro onde as coisas aconteceram foi King’s Cross, mesmo ao pé do Colégio...
- Os miúdos! Meu Deus!!
- Calma, já não há aulas. Mas lembra-te que hoje havia reunião de docentes às 10h. Com um bocado de sorte o pessoal só vai mesmo à última da hora, ninguém deve ter sido apanhado... espero. Bem, alguém foi apanhado, quando digo ‘ninguém’ estou a falar dos ‘nossos’, embora... ai que merda, já estou toda a tremer...!
- Irene, ainda estás em casa? Posso ir ai ter?
- Sim, mas tens que vir a pé, está tudo parado e em estado de alerta.
- Ok, em 15 minutos estou ai.

...

9 de Julho, 9:00h. Londres

- Põe mais alto, s.f.f.


Bom dia. Um Português poderá ser um dos autores dos atentados suicidas no metro de Londres.
São conhecidas as primeiras imagens de 3 dos possíveis autores dos atentados suicidas das explosões de Londres. Eram todos provenientes da zona de Leeds, sendo que se tratavam de cidadãos britânicos ou naturalizados, como é o caso do cidadão de origem portuguesa.
O nome do envolvido é Miguel Arruda, filho de um casal de portugueses proprietário de uma loja de conveniência nos arredores de Leeds.
As informações que temos indicam que o jovem de origem lusa converteu-se ao islamismo durante um período de 14 meses em que cumpriu pena de prisão por distúrbios e vandalismo. Todavia, ainda não nos é possível confirmar a sua envolvência com nenhuma organização terrorista.

- Não acredito! Eu conheci-o!! Fazia parte do nosso grupo de amigos, lá na Ericeira...
- A sério? Impressionante!... era teu amigo?
- Sim, éramos muito próximos. Costumava-mos passar o verão na praia a jogar volley, a conversar com os amigos... e as amigas! Ainda me lembro, que havia uma que se chamava ... eeerr.... Joana? ...hummm não! Jacinta! Essa rapariga era vidrada no Miguel. Eram os mais novos e mesmo assim aquilo era uma paixão assolapada. Depois aquilo deu em ciúmes, porque o Orlando gostava dela, e era mais velho, e acabou por causar grande confusão, porque havia outra que gostava do Orlando, é pá...coisas de miúdos, mas que acabou mal... A Jacinta teve um acidente de bicicleta no dia em que foi vista com o Orlando. Dizem que ela vinha muito transtornada e acabou por se meter debaixo de um carro. Foi um momento muito trágico para todos, com acusações a serem disparadas em todas as direcções...
- Mas há quanto tempo foi isso?
- Há uns 13-14 anos...
- Mas o que se passou com esse Miguel?
- Aquilo lá em casa era muito mau, eles passavam muitas dificuldades. Os pais dele estavam desempregados e acabaram por aproveitar um favor dos padrinhos do Miguel para irem trabalhar para Inglaterra. Quem diria no que isto ia dar...
- Tu há 2 anos que estás cá com bolsa de estudo, nunca te ocorreu procurar o Miguel?
- Perdi completamente o contacto com ele... E também já nada sei sobre a maior parte da malta do grupo...
- Talvez fosse boa ideia reunirem-se agora, passado todo este tempo.
- Não sei. Vou fazer uns telefonemas e enviar uns e-mails a ver no que dá... mas já passou tanto tempo

...

15 de Agosto, 10:23h. Azenhas do Mar

- Olá Orlando, sempre vieste!
- Oi César! Estás tão diferente... Nem acredito que estamos todos aqui!
- Todos não... – disse a Lola – Falta pelo menos um de nós, o nosso caçula... (as lagrimas insistiam em banhar-lhe os olhos verdes e enormes)
- Que tragédia mais estúpida e inesperada... E que raio de motivo para esta reunião - sussurrava Paco entre bafos de cigarro
- Então malta, devíamos estar contentes por estarmos todos juntos... nem que seja para recordar o Miguel, antes de ele se...
(Raquel, bruscamente) – vê lá o que dizes do Miguel! Tu não sabes o que ele passou naquela prisão, nem o que ele sofreu por se ter ido embora daqui daquela maneira!
(Orlando, tentando evitar um certo desconforto) - Não vale a pena exaltarmo-nos... Eu lembro-me bem do que se passou, até bem de mais. Fui eu que falei com a Jacinta naquela tarde, e que lixei tudo ao dizer-lhe que gostava dela... Esse peso ninguém me tira!
Decidi intervir e cortar o clima que começava a pesar
- Bem malta, agora que estamos aqui temos que apreciar a benesse que é esta oportunidade para nos reencontrarmos.
- Tens razão César, vamos é por a conversa em dia e recordar as coisas boas, que foram tantas...!
(Raquel, levantando-se subitamente e alertando o grupo) – Malta, nem adivinham quem vem lá! É o Júlio e a Marisa!
(Paco, com um ar de espanto) – Julguei que tinhas dito que eles estavam de férias no Brasil e que não podiam vir...
- Então que fazem eles aqui??? Disse com um enorme ar de espanto.
Á medida que se aproximavam da esplanada onde estávamos sentados, senti uma onda revigorante de jovialidade e energia a atravessar o grupo. A ansiedade era grande, e o desejo pelo retorno dos bons velhos tempos era ainda maior.

- Olá gente! Ainda chegamos a tempo? Disse o Júlio com um sorriso malandro de rapazola que vai pregar uma partida.
Tinham terminado as férias mais cedo de propósito para estarem conosco! Era impressionante ver o ar de assombro e alegria desmedida na cara dos presentes, incluíndo na minha.
E eis que para nosso espanto, a Marisa tira a mochila do ombro e saca de lá uma bola de volley.
- E então, o que me dizem a uma partidinha?


17 de Julho de 2005,

Der Uberlende

9 Comments:

  • Está complicado para participar...sexta-feira vou de férias, para bem longe e, até lá, tenho uma inconcebível semana de trabalho.
    Beijinhos.

    By Blogger redbackspider, at 11:38 PM  

  • Quando comecei a ler, achei logo que lhe tinhas dado uma aproximação genial e muito bem esgalhada. Na verdade, só me desagrada o final, apesar de ser completamente coerente com a 1ª parte do texto e de representar o fechar de um ciclo. Deste um tom trágico, factual, muito bom e muito vívido ao inicio do teu texto que depois se perde lá para o fim. Para mim teria ficado genial se acabasses a tua acção em Londres, no rescaldo do atentado.
    Parabéns pela ideia e por mais um grande texto.

    By Blogger Earworm, at 11:28 AM  

  • E a mim faltam duas cadeiras para terminar a parte lectiva do mestrado! E os exames são para semana! Orais, para variar.:((
    Vou tentar enviar qq coisa antes do fim do prazo... mas ainda nem li a primeira parte, para não me distrair...

    By Blogger Dasha, at 11:28 AM  

  • e mais uma vez surpreendes pela originalidade e pela abordagem sempre inteligente a assuntos pertinentes, aos quais muito boa gente gosta de fechar os olhos.

    :)

    beijinho*

    By Blogger Perséfone, at 1:59 AM  

  • Penso que está diferente do que já li teu, mas não deixa de ser maravilhoso. A associação de factos reais a uma história de ficção ficou muito bem encaixado, bem como as relações entre personagens se bem que não tão vincadas. Sinceramente, quando chegou o final, esperava continuar a ler; pensei que fosses continuar, mas, no entanto, ficou bonita a frase de fecho. Ao género de, há coisas que mudam, mas outras permanecem. E a amizade, muitas vezes é isso mesmo, certo? As pessoas mudam, o tempo passa, mas há certos hábitos que não se perdem e nos dão um gozo enorme a recordá-los, quando, por vezes, se encontram esquecidos. Sim, gostei :)

    Beijinho*

    By Blogger SweetSerenity, at 2:44 PM  

  • O blog está profundamente adormecido... o aumento de colaboradores diminuiu o trânsito de textos e desafios...

    Apetece fazer um abanão para se começarem a mexer, mas também ando adormecida com mil trabalhos em cima...

    By Blogger Dasha, at 4:11 PM  

  • Ora bem... hoje é domingo... excelente dia para por assuntos pendentes em dia.
    Foi rápida e imaginativa a forma como esta “estória” foi concebida.
    Entre outras qualidades, a criatividade na escrita é também uma forma de amar a vida.
    Até...

    By Blogger sea-gullsoul, at 3:30 PM  

  • Brilhante, como sempre!
    Vou de férias uma semanita

    Beijinhos a todos

    By Blogger Eduarda Sousa, at 8:57 PM  

  • Já reparaste que correr o risco de ganhar por falta de comparência do adversário? Isto está bonito, está!...

    By Blogger Earworm, at 9:31 AM  

Post a Comment

<< Home


 

referer referrer referers referrers http_referer